Veja o passo a passo para instalar o programa do Imposto de Renda 2020

imposto de renda 2020

Já está liberado, desde o último dia 20, o download do Programa Gerador do Imposto de Renda Pessoa Física 2020. Ele é o principal meio para gerar e enviar os dados para à Receita Federal.

Os contribuintes têm até 30 de abril para enviar os dados à Receita Federal sob pena de multa no valor mínimo de R$ 165,74 para quem não apresentar a declaração.

O software é gratuito e compatível com computadores equipados com os principais sistemas operacionais: Windows, Linux, IOs, Solaris). Todavia, é indispensável que o computador esteja equipado com máquina virtual java (JVM), versão 1.8 ou superior.

Clique aqui para baixar a Máquina Virtual Java

O download do programa do Imposto de Renda deve ser feito diretamente pelo site da Receita Federal. Confira a seguir os principais passos para baixar e instalar o programa em seu computador.

Clique aqui para fazer o download do programa do Imposto de Renda 2020

Para computador com Windows

Passo 1. Acesse a página de download do Programa Gerador da Declaração de Imposto de Renda e escolha o sistema operacional do seu computador. Em seguida, clique em “Baixar”;
Passo 2. Quando o download for concluído, abra o arquivo baixado e clique em “Sim”;
Passo 3. Na tela de instalação do programa, clique em “Avançar”;
Passo 4. Caso queira, altere a pasta onde o programa o programa será instalado clicando em “Procurar…”. Depois, clique em “Avançar”;
Passo 5. Clique novamente em “Avançar” e aguarde a instalação do programa;
Passo 6. Por fim, escolha se você quer adicionar um atalho na área de trabalho do seu computador e clique em “Concluir”.

 

Para MAC

Passo 1. Acesse a página de download do programa de Imposto de Renda e escolha o sistema operacional do seu computador. Em seguida, clique em “Baixar”;
Passo 2. Quando terminar, acesse a pasta de downloads o seu Mac e abra o arquivo baixado;
Passo 3. Arraste o aplicativo “IRPF2020.app” para a pasta “Applications”;
Passo 4. Por fim, para executar o programa de declaração de Imposto de Renda, acesse a Launchpad do macOS e abra o app “IRPF2020”.O programa para preenchimento da declaração é o mesmo tanto para quem optar pelo desconto simplificado quanto para quem deseja utilizar as deduções legais. No início do preenchimento, são apresentadas orientações sobre as formas de tributação e, ao final, quando for entregar a declaração, o programa apresentará quadro comparativo [com o valor do imposto a pagar ou a restituir] para que o contribuinte possa escolher a opção mais favorável.

Vale destacar que o contribuinte pode fazer a importação dos dados usados na declaração de 2019 para facilitar o preenchimento. A importação de dados substitui eventuais informações já digitadas na declaração anterior. Em caso de a última declaração ter sido retificada, é preciso substituir pelo número do recibo da última retificadora online.

Imposto de Renda 2020

Quem deve declarar?

  • Deve declarar o Imposto de Renda 2020 quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. O valor é o mesmo da declaração do IR dos últimos dois anos.

Também devem declarar:

  • Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2019, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem teve, em 2019, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem tinha, até 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2019;
  • Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.

O contribuinte que optar pela declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com educação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

Fonte: G1

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email