Quase 60 Milhões De Brasileiros Estão Com Nome Sujo

Quase 60 milhões de brasileiros estão com nome sujo

  • 5 de junho de 2019

A melhora da economia nos últimos trimestres está longe de acabar com o endividamento dos brasileiros. Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostram que há quase 60 milhões (59,9 milhões) de brasileiros com o nome sujo, ou seja, em uma lista de devedores por causa de alguma conta em atraso e alguma restrição para…

Mais
Cinco Anos Após Início Da Recessão, Nenhum Setor Voltou Ao Nível Pré-crise

Cinco anos após início da recessão, nenhum setor voltou ao nível pré-crise

  • 22 de maio de 2019

Passados cinco anos do início da deterioração econômica brasileira – o trimestre entre abril e junho de 2014 foi o primeiro da recessão –, nenhum setor produtivo voltou ao patamar pré-crise. Na mais lenta retomada da história do País, a construção civil ainda está 27% aquém do registrado no começo de 2014 e a indústria, 16,7%. Um pouco menos atingidos, serviço e varejo também sofrem para se recuperar e…

Mais
Para Ministro, País Superou Recessão E Começa A Crescer

Para ministro, País superou recessão e começa a crescer

  • 15 de maio de 2017

Para ministro, País superou recessão e começa a crescer - Professor de economia da IBE Conveniada FGV Múcio Zacharias corrobora: "Estamos voltando a normalidade, o empresário, que é quem investe, está com mais confiança, de modo que as condições estão mais estáveis".

Mais
Desemprego E Dívidas Deixam Consumidor Mais Cauteloso Neste Natal

Desemprego e dívidas deixam consumidor mais cauteloso neste Natal

  • 22 de dezembro de 2016

Pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revela que os consumidores devem gastar até 5% menos no Natal deste ano Em 2016, os economistas acertaram em cheio. Não foi um ano fácil. Os índices de desemprego subiram, o PIB recuou, a projeção de crescimento diminuí a cada mês e, com esse cenário, a expectativa de…

Mais
Ceia De Natal Fica 10,19% Mais Cara Em 2016, Indica Levantamento Da FGV

Ceia de Natal fica 10,19% mais cara em 2016, indica levantamento da FGV

  • 22 de dezembro de 2016

Especialista da IBE Conveniada FGV aponta inflação acima da meta e oscilação cambial como responsáveis pelo aumento Nem a ceia de Natal escapou dos índices negativos da economia em 2016. Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (IBRE) apontou que os gastos com a ceia natalina irão ficar 10,19% mais caros, em comparação ao ano passado. A inflação dos complementos…

Mais

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0