Planejamento de carreira leva em conta porte da empresa

Planejamento de carreira leva em conta porte da empresa

Mesmo com uma boa colocação atual, o profissional não deixa de aproveitar novas oportunidades de emprego, sempre em busca de acrescentar mais à sua carreira e melhorar seu currículo profissionalmente. Entre as decisões a serem tomadas para o novo trabalho, está a análise do porte da empresa almejada, visando possibilidades de crescimento e desenvolvimento.

Antes de cobiçar uma vaga em uma empresa, mais importante do que analisar somente o seu tamanho, o futuro candidato deve buscar se informar sobre o momento atual da empresa. O profissional deve pesquisar sobre o mercado atuante da empresa aspirada e também saber como ela vem se desenvolvendo em seu setor. É necessário saber antecipadamente sobre a empresa, assim o profissional pode ir mais preparado para uma possível entrevista. Após realizar essas pesquisas e conseguir definir um objetivo no plano de carreira, o profissional conseguirá decidir se compensa investir em determinada empresa.

O atual cenário do mercado brasileiro possibilita a busca por novos desafios. O momento econômico se tornou fator relevante para os profissionais buscarem em pequenas empresas oportunidades de desenvolvimento da carreira. Um profissional que busca empresas de pequeno e médio porte está atrás de autonomia, reconhecimento e possibilidade de grandes desafios no trabalho. Muitas vezes, o cargo conquistado por eles dentro dessa empresa de pequeno porte demoraria anos para ser alcançado se ele estivesse trabalhando em uma multinacional.

E uma empresa de menor porte, é possível acumular funções participando de vários processos e setores da corporação. Esse acúmulo de trabalho permite planejar o crescimento e, assim, crescer junto com a empresa. Essa característica de almejar cargos altos de forma rápida faz parte da atual geração, que busca mais autonomia e está enxergando nas pequenas empresas uma oportunidade para alcançar seus objetivos profissionais rapidamente.

Mesmo enxergando as possibilidades em empresas pequenas, no mercado ainda há profissionais que buscam desenvolver sua carreira em grandes corporações, visando um futuro mais promissor na carreira. Um currículo com experiência em multinacionais ainda é bem visto nos processos de seleção. Mas isso não é um fator decisivo para contratação.

Sócia Fundadora da Weplace, Viviane Gonzalez acumula mais de 9 anos de experiência em Executive Search. Atualmente é a responsável pela Weplace Talent, baseada em Campinas, que assessora clientes na busca por talentos e futuros líderes para suas organizações. Viviane é graduada em Administração de Empresas pela PUC-RS e tem MBA em Marketing pela FGV.
Fonte: Panorama de Negócios

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email