O Que Os Brasileiros Esperam De 2021?

Tradicionalmente, nesta altura do ano, as pessoas já começam a pensar e desejar coisas para o próximo ciclo. Com isso, entre 12 de novembro e 11 de dezembro de 2020, a Stilingue, plataforma de inteligência artificial para monitoramento e interação com consumidores, mapeou mais de 125 mil menções relacionadas aos desejos dos brasileiros para 2021, em diversas redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e Youtube, além de blogs, portais de notícia e reviews, como Reclame Aqui, Google Play, Google Meu Negócio, etc.

Como já era de se esperar, em primeiro lugar, com 11% das menções, apareceram termos relacionados à saúde, como “vacina” e o fim da “pandemia”. Em seguida, em 10,5% das publicações foram encontrados desejos sobre educação com a “volta às aulas” em “escolas” e “faculdades”.

Em terceiro lugar, com 5,7% das menções, apareceram torcedores discutindo as possíveis contratações, reforços e movimentações no mundo do futebol, com bastante citações ao clube “Flamengo”. Também em relação ao entretenimento, 1,8% das menções encontradas foram sobre os lançamentos previstos para o catálogo de filmes e séries originais da Disney+. Segundo o levantamento, as expectativas são altas em torno das franquias Star Wars e Marvel. Além disso, 1,2% das publicações falam sobre a edição de 2021 do Big Brother Brasil e especulam sobre seus possíveis participantes.

Apesar de um ano atípico, pedidos tradicionais de fim de ano também estão entre as conversas na internet, visto que 3,5% dos posts citam o termo “férias”, com planos de como aproveitá-las. Já, 2% falam sobre voltar a se exercitar ou se inscrever na “academia”, com destaque para prática de “natação”. Além disso, em 0,5% das publicações aparece o sonho da “casa própria”. Por fim, após um ano repleto de desafios, 1,3% dos posts falam sobre “saúde mental”.

“As análises nos mostram que os brasileiros seguem sendo um dos povos mais otimistas do mundo. Isto porque, além de desejarem saúde e educação, chama a atenção também a expectativa por lazer e entretenimento virtuais adaptados à realidade que estamos vivendo”, afirma Rodrigo Helcer, CEO da Stilingue, em nota.

A metodologia utilizada no levantamento se chama Listening, que é usada para realizar análises e monitoramento da internet de forma geral por meio de uma tecnologia que aplica inteligência artificial combinada com processamento de linguagem natural (NLP). A SNLP, NLP da Stilingue desenvolvida no Brasil, tem especialidade no entendimento e interpretação da linguagem local, como gírias, palavras e expressões próprias, internetês, ortografia, pontuação e polaridade por categoria gramatical.

 

Fonte: Meio e Mensagem

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0