PcD NO MERCADO DE TRABALHO: POR QUE E COMO SER MAIS INCLUSIVO?

A inclusão de pessoas com deficiência (PcD) no mercado de trabalho vai muito além de sua contratação. Um local de trabalho inclusivo valoriza todos os funcionários por seus pontos fortes.

Ser inclusivo é oferecer aos funcionários com deficiência – seja ela visível ou invisível – uma oportunidade igual de ter sucesso, aprender, ser remunerado de forma justa e avançar. A verdadeira inclusão é abraçar a diferença.

Por que incluir pessoas com deficiência?

A inclusão de pessoas com deficiência é uma parte crítica de qualquer negócio.

De acordo com os dados apresentados pelo IBGE, um em cada cinco pessoas no Brasil é portador de alguma deficiência. Isso inclui deficiências invisíveis e visíveis. Pode ser que sua empresa já contrate muitas pessoas com deficiência, entretanto, é importante frisar que sem a inclusão dessas pessoas, ela não está fazendo tudo o que pode para apoiar seus funcionários atuais.

A inclusão de pessoas com deficiência também é crucial para o seu processo de contratação. As empresas que não são proativas quanto à inclusão estão perdendo talentos qualificados. Se os candidatos enfrentarem barreiras durante o processo de inscrição e entrevista, ou se sentirem que seu negócio não é inclusivo, provavelmente procurarão outro lugar.

Empresas com fortes programas de inclusão têm melhor acesso a talentos e melhor retenção de funcionários.

Como tornar o local de trabalho mais inclusivo para pessoas com deficiência?

Melhore a infraestrutura do local de trabalho

O ambiente desempenha um papel importante na vida de uma pessoa com deficiência. Banheiros e prédios sem acessibilidade para cadeirantes e computadores sem software de leitura de tela são alguns exemplos de barreiras que o local de trabalho pode ter.

A sua empresa é acessível a cadeiras de rodas? Existe estacionamento acessível? Os banheiros são acessíveis para cadeiras de rodas?

Treine a equipe em LBI, questões de discriminação e comportamento inclusivo

A Lei Brasileira de Inclusão proíbe a discriminação no emprego contra pessoas com deficiência. Se empregadores, gerentes e profissionais de RH não conhecem as regras e diretrizes da LBI, pode ser fácil entrar em conflito com a lei, o que pode trazer constrangimento e dificuldades financeiras para a empresa.

É importante garantir que a gerência e o RH conheçam o LBI e seus requisitos. Treine gerentes e funcionários sobre comportamento inclusivo e dê a eles responsabilidades sobre o tema.

Reveja a sua linguagem sobre pessoas com deficiência

Existem certos termos que você deve evitar ao falar sobre pessoas com deficiência. Por exemplo, não é bom se referir a ela como “pessoa incapaz”. Há uma grande diferença entre a deficiência que uma pessoa tem e a essência dessa pessoa.

Além disso, os termos médicos e legais podem ser ofensivos ao sugerir que uma pessoa com deficiência está de alguma forma danificada ou requer favores especiais. É melhor evitar esses termos se puder e escolher palavras e frases que respeitem a todos.

Certifique-se de que seus anúncios de emprego usem linguagem inclusiva. Considere adicionar uma declaração dizendo que indivíduos qualificados como PcD são incentivados a se inscrever. Você também pode enfatizar as opções de trabalho flexíveis para encorajar candidatos com deficiência.

Revise o processo de recrutamento e inscrição para acessibilidade

Aqui estão algumas práticas de contratação inclusivas para candidatos com deficiência:

  • Certifique-se de que as ofertas de emprego sejam publicadas em formatos acessíveis a candidatos com deficiência.
  • Anuncie vagas de emprego para organizações sem fins lucrativos, organizações que tratam da causa e programas de emprego para pessoas com deficiência.
  • Na descrição do trabalho, declare que indivíduos qualificados como PcD são incentivados a se inscrever e que há um ambiente adequado para eles.
  • Certifique-se de que todos os sistemas de aplicação a vaga online sejam acessíveis para pessoas com deficiência.
  • Confirme se todos os locais de entrevista ou teste estão acessíveis.

Revise a acessibilidade do processo de entrevista

Aqui estão algumas diretrizes para entrevistar pessoas com deficiência:

  • Não faça perguntas relacionadas à deficiência antes de fazer uma oferta de trabalho.
  • Os formulários de inscrição, agências de emprego e locais de entrevista devem ser acessíveis a pessoas com várias deficiências.
  • Diga aos candidatos com antecedência se haverá algum teste ou tarefa envolvida na entrevista. Isso dá aos candidatos o tempo e a oportunidade de solicitar a adequação necessária para a realização da tarefa.
  • Esteja preparado para responder às solicitações de adequação para a entrevista, como fornecer um intérprete de linguagem de sinais, assistência com formulários em papel ou tempo extra para fazer um teste.
  • Trate o candidato com o mesmo respeito que dispensaria a qualquer outro profissional qualificado. Faça apenas perguntas relacionadas ao trabalho, com foco nas habilidades, conhecimento, experiência e interesse do candidato.
  • Não tente imaginar como você desempenharia as funções do trabalho se você tivesse a deficiência do candidato. Pergunte como eles executariam o trabalho.

 

Com o aumento da inclusão de PcDs no mercado de trabalho, todos temos a ganhar. A empresa ganha em contratar pessoas extremamente qualificadas para o trabalho; a pessoa contratada ganha por se sentir parte integrante de uma organização e ter um meio de sustento digno; e a sociedade ganha com a elevação do valor inerente de cada ser humano, acima de seus desafios físicos ou mentais.

 

Quer saber mais sobre este e outros assuntos corporativos? Acesse nosso blog e mantenha-se informado!

 

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0