Parceria Com Museu De Arte Moderna Busca Ampliar Agenda De Estudos E Pesquisas

Museu de Arte Moderna de São Paulo e a Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas – FGV EESP  anunciam parceria inédita de cooperação. Com o objetivo de aprimoramento e troca de experiências, as duas instituições se debruçam no desenvolvimento de uma agenda de ações que contemplam desde estudos e pesquisa, até cursos e diversas atividades voltados para o público em geral.

A parceria tem início já em janeiro com o Programa de Estágio Internacional de Férias da FGV EESP, projeto educacional no qual os alunos aplicam na prática os conceitos adquiridos durante o curso. As atividades propõem um estudo de caso sobre o Programa de Sócios do MAM São Paulo. Além de estudar o projeto, os alunos participantes do estágio deverão realizar um exercício de pesquisa que envolve, entre outras coisas, a elaboração de um plano de negócios.

Ainda em janeiro, no dia 20, às 18h, as instituições promoverão o Webinário Arte e Economia: acordo de cooperação FGV EESP e MAM. Voltado a interessados em economia, administração e direito, a profissionais do mercado de artes visuais – artistas, colecionadores, galeristas, advisors e outros -, além de pessoas que investem neste nicho. O evento terá a participação de Mariana Guarini Berenguer, presidente do MAM São Paulo, Cauê Alves, curador do MAM São Paulo; Lilian Furquim, vice-diretora da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas – FGV EESP; com a moderação do professor Paulo Sérgio Tenani, da FGV EESP. Entre os temas abordados, estão o circuito de arte e suas relações com o MAM, economia e mercado de arte e a apresentação da parceria entre as instituições.

Museu de Arte Moderna

“Coincidentemente, tanto o MAM quanto a FGV já estão há mais de 70 anos em atividade, ambas com valores e atuações sólidas em seus nichos. É a primeira vez que o museu firma parceria com uma instituição educacional como a Fundação Getulio Vargas e acredito que será uma cooperação profícua, com muitas possibilidades de desdobramentos”, afirma Mariana Berenguer.

“Trata-se de um projeto educacional importante para os alunos da FGV e para o público em geral, que inclui o desenvolvimento de pesquisa sobre Economia e em particular Economia do Mercado de Arte. As parcerias com outras áreas de conhecimento contribuem para a missão da FGV que é contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil.  Esperamos que os frutos desta parceria se somem ao conhecimento científico e cultural da sociedade brasileira”, afirma Lilian Furquim, vice-diretora da FGV EESP.

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0