Dois Players Atualmente Se Destacam No Mercado: Oracle E SAP. Mas Afinal, Qual é O Melhor? Quais São Suas Vantagens E Desvantagens?

Atualmente, vivemos em um mundo empresarial onde dados, gerenciamento e relatórios são primordiais para o bom desenvolvimento de uma empresa e para buscar vantagem competitiva em relação aos competidores.

Sabendo disso, você provavelmente já ouviu falar do Enterprise Resource Planning (ERP), um sistema de gestão que permite acesso integrado aos dados da empresa de forma fácil e confiável.

Dois players atualmente se destacam no mercado: Oracle e SAP.

Mas afinal, qual é o melhor? Quais são suas vantagens e desvantagens?

Trazemos um comparativo realizado pela SelectHub¹ para que você entenda o melhor de cada ferramenta e faça a melhor escolha. A análise de desempenho foi realizada em 7 áreas: contabilidade, orçamentação, precificação, recursos humanos, CRM, gestão de Supply Chain e gestão de inventário.

Confira!

Oracle e SAP: vantagens e desvantagens

Contabilidade

Tanto o SAP quanto o sistema Oracle têm recursos incríveis de gerenciamento financeiro. Recursos como contas a pagar, contas a receber e gerenciamento de ativos fixos obtiveram a pontuação máxima. No entanto, o software da Oracle consegue vencer nesta categoria por alguns motivos.

Ele tem uma pontuação ligeiramente melhor em gerenciamento de risco do que o SAP. O Oracle fornece gerenciamento financeiro aprimorado e confiabilidade de relatórios.

A Oracle se orgulha de suas soluções de gerenciamento de risco que ajudam a garantir a conformidade em toda a empresa e automatizar algumas formas de conformidade em vários setores.

Essas ferramentas ajudam a prevenir coisas como perda de dinheiro e elevar o nível de aplicação de políticas, o que ajuda as empresas a se sentirem confiantes sobre os riscos que enfrentam.

Contudo, as ferramentas de gerenciamento de risco do SAP ainda são boas e podem ajudar sua empresa a identificar e entender melhor os fatores de risco.

Os módulos do Oracle fornecem ferramentas baseadas em processos comuns. Existe a ‘Gestão de Ativos até a Retirada’, cobrindo todo o ciclo de vida dos ativos, desde a aquisição até a amortização e eventual alienação. Há também a “Transação para posição de caixa”, novamente, adotando uma abordagem de ponto de venda e a integrando com dados financeiros de longo prazo.

Orçamentação

O sistema ERP da Oracle apresentou um desempenho bem superior na área de orçamentação.

O software da SAP possui um controle de orçamento relativamente básico – contendo as habilidades para gerenciar e executar o planejamento geral.

O Oracle, por outro lado, possui uma ferramenta especializada chamada ‘Asset Lifecycle Management’. Ele permite que você aproveite totalmente o potencial financeiro de seu equipamento e de outras instalações. Você também obtém uma série de recursos que atendem às necessidades orçamentárias típicas de qualquer empresa.

Precificação

O Oracle supera os recursos básicos do SAP aqui também. O SAP fará o trabalho, mas as ferramentas avançadas de precificação da Oracle podem fazer toda a diferença para sua empresa.

O Oracle pode alterar seus preços básicos para corresponder ao segmento de mercado, moeda, taxa de câmbio e muito mais. Ele também pode gerenciar margens de lucro, abatimentos e descontos usando diretrizes definidas.

Recursos humanos

O Oracle é uma boa escolha para seu gerenciamento de RH, mas o SAP vai além aqui. O SAP gerencia uma infinidade de funções de RH e permite que os usuários acessem informações críticas sobre elas em um só lugar. Os funcionários também desfrutam de um portal designado, para que possam atualizar suas próprias informações conforme necessário.

O SAP também ajuda em coisas como folha de pagamento e oferece a funcionalidade de recrutamento eletrônico para ajudar as empresas a saber como estão lidando com a retenção de funcionários e lutando contra a rotatividade.

Embora talvez não seja tão robusto no geral, o Oracle tem ótimos recursos de relatórios com representações visuais que permitem uma comunicação rápida. Isso pode ser especialmente importante para sua empresa se você deseja tomar mais decisões de RH com base em dados.

Dados fáceis de visualizar podem ajudá-lo a compreender as tendências gerais, permitindo que você veja rapidamente a história da sua empresa e o futuro projetado.

CRM

Tanto a Oracle quanto a SAP possuem um bom software de CRM, mas os sistemas têm pontos fortes e fracos em diferentes áreas. O Oracle se sai bem em todas as áreas, mas não é excelente em nada. O SAP tem alguns recursos realmente excelentes, mas também alguns que são simplesmente medianos.

Por exemplo, a Oracle tem um bom suporte de marketing que fornece a capacidade de gerenciar campanhas em uma única plataforma. O SAP só funciona aqui fornecendo processos multifuncionais relacionados a finanças, compras e marketing. Você pode planejar campanhas e orçamentos, mas ainda não é tão bom quanto a configuração do Oracle.

O Oracle também possui um bom gerenciamento de contas de clientes, mas o SAP se destaca neste campo. Ele oferece cobertura em todas as frentes que envolvem o cliente.

Sendo integrado com marketing, vendas e finanças, ele te dará um histórico completo sobre seus clientes. Quanto mais você sabe sobre seus clientes, mais fácil é comercializar em seus contextos e usar estratégias de vendas mais inteligentes.

O gerenciamento de pedidos de vendas de ambas as soluções recebe uma boa avaliação. O SAP conta com uma ampla rede e atende às necessidades de distribuidores de todos os portes, em todos os segmentos da indústria e em todos os canais de vendas. Os pontos fortes da Oracle estão em seus relatórios e recursos de dados.

Gestão de Supply Chain

Embora um bom CRM seja importante para manter os clientes satisfeitos, uma cadeia de suprimentos eficiente também o é. Vemos que ambos os ERPs têm software de SCM comparável, mas, novamente, eles são fortes em áreas diferentes.

Embora eles tecnicamente tenham a mesma pontuação, você vai querer ter certeza de que os recursos do ERP que você escolher se alinham com as necessidades do seu negócio.

O Distribution Management, que fornece informações sobre a lucratividade do warehouse e gerencia outras tarefas de distribuição, é bom em ambos os sistemas ERP. O recurso de processamento de pedido de compra de cada solução também é eficaz.

O SAP utiliza seu módulo de ‘Order to cash’ para ajudar as empresas a gerenciar compras e fazer cumprir as escolhas do fornecedor, enquanto observa seus padrões de compras para conduzir decisões futuras. Este módulo ajuda a gerenciar cotações e outros aspectos dos contratos com fornecedores, bem como a observar as entregas.

O Oracle contém uma ferramenta de gerenciamento de processo de ‘Fatura para pagamento do fornecedor’ para relacionamentos com fornecedores. Isso inclui coisas como registro de fornecedor, criação de contratos e ferramentas de pagamento de faturas para ajudar a tornar mais fácil para uma empresa comprar o que precisa para o seu funcionamento. As ferramentas de ‘nuvem de tempo e trabalho’ e ‘nuvem de terceirização’ do Oracle fornecem transparência para esses tipos de rastreamento.

Os aplicativos começam a variar em desempenho com o Event Management and Advanced Planning System (APS). A SAP tem um gerenciamento de eventos melhor, dando a você maior percepção e visibilidade de sua cadeia de suprimentos. Mas o Oracle tem um APS melhor, permitindo controlar melhor os custos e alocar recursos com mais eficiência.

Gestão de inventário

Em relação ao SCM, o gerenciamento de estoque é uma parte crucial da manutenção de um armazém forte e da cadeia de suprimentos no geral. E, embora ambas as soluções de ERP ofereçam gerenciamento de estoque extremamente robusto, elas são diferentes o suficiente para merecer um maior detalhamento.

O que torna o gerenciamento de inventário de hoje tão útil é a implantação do armazenamento de dados em nuvem. ERPs baseados em nuvem permitem visibilidade em tempo real de todos os dados da empresa. Para o gerenciamento de estoque da Oracle e da SAP, isso significa níveis de estoque mais atualizados e melhor compreensão de como seus produtos se movem.

Tudo isso contribui para uma cadeia de suprimentos mais eficiente que, em última análise, significa clientes mais felizes. O SAP enfatiza que seu Gerenciamento de Estoque ajuda a prevenir a escassez de estoque, enquanto a Oracle enfatiza o aumento da produtividade.

Quem ganha com Oracle ou SAP?

Softwares de ERP ajudam as empresas a superar a ambiguidade e conduzir uma melhor tomada de decisão por meio de uma visão clara das finanças e de suas operações. E, no geral, as duas marcas fazem isso bem.

Na tabela de classificação, as classificações dos sistemas diferem apenas em três pontos, com a Oracle recebendo 90/100 e a SAP pontuando 87/100. Ao comparar Oracle x SAP, as principais diferenças são vistas nos módulos de gestão financeira dos sistemas.

A Oracle tem um pacote financeiro mais abrangente, com melhores aplicações orçamentárias, de precificação e ferramentas básicas de contabilidade. Todos os outros recursos foram avaliados igualmente por nossa equipe de analistas (exceto para RH, para o qual a SAP ganhou a vantagem).

Porém, como o Oracle se esforça mais onde as empresas geralmente mais precisam, esse fornecedor é o vencedor entre os dois.

Quer saber mais sobre essas e outras ferramentas empresariais? Acesse o nosso blog e mantenha-se informado!

Referência

  1. O’SHAUGHNESSY, K. SAP vs Oracle: Which ERP Software is the Winner?. SelectHub, Disponível em: <https://www.selecthub.com/enterprise-resource-planning/oracle-erp-vs-sap-erp/>. Acesso em: 21 de out. de 2020.

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0