Gestão De Pessoas E Retenção De Talentos

Em um mercado que já vinha cada vez mais acirrado, principalmente na gestão de pessoas, com a chegada de uma nova crise – a pandemia de Covid-19 -, empresas que conseguem lidar com o período crítico, valorizando seus colaboradores, fortalecem a imagem da marca. Num cenário atual de crise e desemprego crescente, você pode até pensar: “Ninguém está contratando, não preciso me preocupar em perder talentos”. Alarme vermelho! Para a mão de obra qualificada ou seja, aqueles que podem ser a solução para amenizar os efeitos da crise sobre a sua empresa, essa é a grande hora de contratar e, mais do que isso, a hora de trabalhar a retenção desses talentos.

Em meio às dificuldades, empresas que valorizam e aplicam estratégias eficientes para desenvolver seus colaboradores têm uma grande vantagem competitiva em suas mãos. Se os funcionários estão felizes com a instituição, eles realizam seu trabalho com mais dedicação, são mais produtivos e eficientes.

Perder talentos é um problema para qualquer organização. Há casos em que certo setor da companhia depende da atuação de um determinado colaborador, e uma oferta de trabalho mais vantajosa para ele pode colocar tudo a perder. Dar importância na retenção de talentos é o fator fundamental para conquistar resultados satisfatórios, pois quando o foco são as pessoas também há a preocupação em criar estratégias para reter os talentos na companhia, valorizando suas experiências internas e habilidades.

Porém, somente a boa vontade não será suficiente para retê-los. É preciso pensar em formas para melhorar o ambiente de trabalho dentro da empresa. Mesmo quando o resultado não tem sido o esperado, uma boa gestão apresenta alternativas para evitar trocas desnecessárias dentro do quadro de funcionários.

 

Mas, afinal, o que é retenção de talentos?

A retenção de talentos pode ser descrita como um conjunto de estratégias, políticas e práticas que as empresas costumam adotar para manter seus colaboradores por mais tempo na empresa. Inúmeros métodos são utilizados nessa busca incessante para segurar na empresa os colaboradores mais talentosos e que precisam ser lapidados e estimulados constantemente. A seguir, veja os principais benefícios em reter funcionários nas empresas:

Superação de desafios

Em alguns casos, o profissional encontra dificuldade em encontrar um projeto que acenda a sua paixão – talentos não gostam de realizar trabalhos pequenos e pouco relevantes. Em outros casos, os gestores querem “ensinar” o profissional a fazer seu trabalho. Essa situação é desgastante, pois os talentos sabem o que fazem e, se não sabem, aprendem e “correm atrás”. Ter alguém lhes dizendo como fazer cada tarefa nos mínimos detalhes pode ser encarado como subestimar a capacidade do profissional. Por isso, aproveite seus talentos para superar os desafios e gargalos da sua área. Os resultados poderão ser significativos.

Ambiente de trabalho mais agradável

Entre as habilidades e competências de um profissional de talento está a colaboratividade. Ele está sempre disposto a ajudar e propor soluções a possíveis desafios, e isso gera um clima agradável entre o time. O ambiente se torna harmonioso refletindo no clima organizacional da empresa.

Foco no engajamento e produtividade

engajamento e a produtividade de funcionários motivados serve de inspiração para toda a equipe. Quando o time está alinhando e trabalhando em prol do mesmo objetivo, as ações conjuntas são feitas de forma assertiva e em menos tempo.

Mais economia para a empresa

Todo desligamento de funcionário gera gastos para a empresa. Se ela tem um alto índice de turnover, então significa que ela perde muito dinheiro ao perder talentos.

É por isso que a retenção e investimento neste colaborador é uma prática econômica e vantajosa a longo prazo.

Atração de novos talentos

Quando uma empresa consegue reter talentos por anos, ela constrói uma boa reputação entre possíveis candidatos, o que pode tornar seu processo seletivo concorrido pelos melhores profissionais do mercado. Desta forma, é possível filtrar funcionários talentosos e reter os melhores, já que eles sabem que estão em uma empresa sólida que se preocupa com a sua permanência.

Vantagem competitiva

Ter uma alta concentração de bons talentos ajuda a organização a ter sucesso em relação a seus concorrentes e a estabelecer uma forte presença no mercado. Isso se torna um marketing positivo para a organização e reflete nos negócios.

 

Como a gestão de pessoas pode desenvolver os colaboradores da empresa? 

Para ajudar a implementar ações que valorizem os talentos na gestão de pessoas da companhia, é possível contar com o trabalho um profissional responsável para fazer o desenvolvimento pessoal e profissional dos indivíduos.

Mas, além dessa possibilidade, existem algumas estratégias e ideias simples que farão a diferença na gestão de pessoas da sua empresa. Para que você transforme seus colaboradores em talentos de alta performance e maximize os resultados do seu negócio, é necessário aplicar táticas específicas para isso.
Confira as dicas para essa etapa:

Liderança 

Os gestores são os contatos mais próximos da empresa com seus colaboradores. Por ter essa relação direta, é importante que os líderes saibam como desenvolver pessoal e profissionalmente seus liderados, dando feedbacks construtivos sobre seu
desempenho nas tarefas e sobre seus comportamentos na instituição.

Valorize quem merece ser valorizado

Elogie, e dê uma promoção ou um aumento quando achar que o funcionário merece. Além disso, dê abertura para perguntas referentes ao futuro da carreira do profissional. Responda com sinceridade e diga a ele até onde pode chegar e o que precisa fazer para chegar lá. esse relacionamento é também essencial à boa gestão de pessoas.

Cursos e formações 

Além do lado pessoal, também é importante oferecer a oportunidade do funcionário aumentar seus conhecimentos em sua área de atuação. Incentive a realização de cursos e a participação em formações e outros eventos de seu setor, para que o colaborador esteja antenado nas novidades e boas práticas, trazendo essas informações para seu dia a dia.

Gamificação 

Um método inovador para desenvolver os funcionários é adotar a gamificação. Esta estratégia alia a diversão dos jogos com o aprendizado de conteúdos e estímulo a determinados comportamentos. A gamificação pode ser aplicada em treinamentos empresariais, integração de novos colaboradores e realização de tarefas diárias para tornar todas essas atividades mais dinâmicas e engajadoras, tornando assim seus colaboradores mais eficientes.

Cargos e salários

Uma forma de estimular esse contínuo aprendizado é criando um plano de cargos e salários. Assim, o profissional terá uma grande motivação para buscar formação com o
objetivo de avançar em sua carreira – tudo de forma clara e transparente.

Rotatividade 

Uma experiência simples, mas que pode agregar aos conhecimentos dos funcionários é possibilitar que eles atuem em outras funções e setores por um tempo determinado. Assim eles podem trabalhar diferentes habilidades, como negociação, organização e
comunicação, por exemplo, e aprender como a empresa funciona em seu todo, além
de entender como cada colaborador é importante para seu sucesso.

 

Seja transparente sobre o futuro do profissional e da empresa. Um dos maiores erros dos gestores é guardar para si informações que, se fossem compartilhadas, melhorariam o desempenho e motivação da equipe.

E, então, as informações acima foram úteis para você? Acesse nosso blog para ter mais conhecimento.

 

Referências: https://www.xerpa.com.br/blog/ e https://www.ludospro.com.br/blog

 

Veja mais conteúdos como este no nosso blog!

A sua empresa está preparada para a Gestão 4.0?

Marketing e inteligência de negócios: torne-se um profissional com as expertises que o mercado procura

 

IBE Conveniada FGV

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0