Gestão De Crise Pós-pandemia

A pandemia expôs as falhas do gerenciamento de riscos das organizações. E nós tivemos que correr muito para mudar a operação, adaptar rotinas e estabelecer o novo normal. É fato que muitas empresas, no mundo todo, não faziam ideia da proporção e dos efeitos do novo coronavírus, bem como seus impactos nos sistemas políticos, de saúde, economia e consequentemente na vida das pessoas e organizações.

 

Um sistema de gestão precisa ser construído com as devidas considerações sobre os riscos e as oportunidades da organização. Sem esse planejamento, a empresa caminha sem direção, ou seja, completamente às escuras. Os impactos da pandemia que estamos vivenciando e presenciando, requerem que alguns dos elementos chave do sistema de gestão das organizações sejam revisados ou modificados para que possam realmente ser úteis, ajudando as empresas a saírem da crise e retomar suas atividades.

 

Separamos 7 dicas para manter seu sistema de gestão funcionando em tempos de pandemia, de acordo com a Verde Ghaia, empresa de consultoria e gestão ambiental.

 

Mas, antes disso, veja um vídeo sobre os efeitos da crise na gestão de riscos das empresas

Diante das mudanças ocasionadas pela pandemia, os negócios com processos mais engessados, onde há mais comando e controle, perderam espaço, flexibilidade e rapidez. Já as organizações que trabalham com procedimentos mais flexíveis, com maior autonomia e confiança, tiveram mais facilidade de adaptação.

Neste novo cenário, empresas ligadas a cadeia de produção de insumos hospitalares, de alimentos e distribuição foram as que mais precisaram de velocidade de resposta. Para isso, ter processos bem estruturados e autonomia das equipes é fundamental para reagir de forma mais veloz e assertiva.

Carmen Migueles, pesquisadora do Centro de Estudos em Sustentabilidade e Gestão de Excelência da FGV EBAPE, fala sobre a legislação trabalhista do Brasil e a importância da confiança e da flexibilidade na gestão de risco empresarial.

Acompanhe em: https://youtu.be/vd_IKHlfeqU

 

 

Conheça as 7 dicas da Verde Ghaia:

  1. Inserir o contexto da pandemia em sua matriz SWOT e no levantamento de riscos e oportunidades: Devem sofrer menos com o impacto da pandemia, as organizações que identificarem suas forças e fraquezas neste cenário, atuando sobre elas de forma eficaz.

 

  1. Definir um plano para atuar e prevenir os efeitos indesejáveis na gestão: No desencadeamento de crises, o planejamento de ações, recursos necessários e momento adequado de agir é a chave para contenção de cenários indesejados, mitigando os seus efeitos sobre o negócio de forma abrangente.

 

  1. Revisar o levantamento das necessidades e expectativas das partes interessadas: As ações conjuntas e coordenadas são muito valorizadas neste momento para que todos se beneficiem. Portanto “ouvir” e identificar corretamente as necessidades e expectativas das partes interessadas é primordial.

 

  1. Revisar os objetivos e metas, eles podem não fazer mais sentido: Mudanças na estratégia do negócio, a realização de trabalhos em home office, redução de jornada e do volume de produção, podem afetar diretamente os objetivos e metas da organização. É importante uma análise crítica profunda frente a este novo momento.

 

  1. Tome cuidado com as mudanças que está realizando: No período de crise muitas decisões precisam ser tomadas de forma rápida e as mudanças são realizadas sem adequada análise e avaliação, gerando ainda mais problemas.

 

  1. Revisar os perigos de SSO e os aspectos ambientais: Você só vai conseguir definir controles operacionais eficazes se fizer uma correta avaliação dos perigos de SSO e aspectos ambientais que surgiram ou se intensificaram com a pandemia.

 

  1. Criar e atualizar os controles operacionais: A pandemia trouxe a necessidade de alterar e criar controles operacionais aos sistemas de gestão, principalmente de SSO e MA, mas não somente estes.

 

IBE Conveniada FGV

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0