OS 10 HÁBITOS DE PESSOAS INTELIGENTES

As mentes mais brilhantes, e consideradas inteligentes, da história da humanidade têm uma coisa em comum – e não é sua criatividade ou inteligência; elas aprenderam a dominar sua produtividade.

Esses indivíduos, como Sigmund Freud, Benjamin Franklin e Immanuel Kant, planejaram suas vidas de acordo com seus valores e suas necessidades únicas. Portanto, é importante dizer que a programação e os hábitos diários que proporcionam seu crescimento, podem não funcionar para alguém com diferentes habilidades, demandas de tempo e características de personalidade.

Embora não haja uma solução única quando se trata de otimizar sua produtividade e manter altos os níveis de sucesso, estudar como as pessoas inteligentes gastam seu tempo é uma ótima maneira de entender como alcançar resultados positivos.

Para este artigo, vamos utilizar os estudos de Matthew Jones, o qual analisou alguns hábitos de Freud, o pioneiro e fundamento de toda psicologia moderna, Franklin, o cientista, escritor e arquiteto da independência dos Estados Unidos, e Kant, um dos maiores filósofos de todos os tempos.

Acompanhe com a gente, 10 hábitos de pessoas inteligentes que elencamos para você.

  1. Priorize uma quantidade adequada de sono

As pessoas mais inteligentes reconhecem a importância do sono para sustentar altos níveis de energia física e mental durante o dia. Kant e Franklin dormiam em média sete horas de sono por noite, enquanto Freud, tinha em média seis.

  1. Permita um tempo de transição apropriado pela manhã

As rotinas matinais podem moldar quem você é devido ao grande impacto que exerce em seu estado mental. Benjamin Franklin reservava um tempo todas as manhãs para refletir e definir as intenções específicas do seu dia, enquanto Freud preferia tomar o café da manhã e depois garantir que estava bem preparado para o dia. Immanuel Kant começava sua manhã com chá, meditação e fumando seu cachimbo.

  1. Designe horários específicos para seu objetivo principal

Kant passava um mínimo de quatro horas por dia escrevendo e consultando Joseph Green para promover sua filosofia. Franklin passava 8 horas cobrindo uma ampla gama de seus interesses variados, da música à linguagem e ciência. Freud, imerso em seu trabalho, passava cerca de 10 horas com pacientes psicanalíticos por dia.

  1. Encontre um equilíbrio ideal entre sua entrada e saída de energia

Algumas pessoas precisam de muito mais entradas do que saídas, enquanto outras podem funcionar melhor com o equilíbrio oposto. Benjamin Franklin passava cerca de nove horas por dia fazendo algum tipo de atividade que lhe dava energia e apenas oito horas fazendo coisas que consumiam energia. Freud e Kant preferiram passar entre 11 e 12 horas se dedicando à produção e 5 a 6 horas recarregando (sem contar o sono).

  1. Minimize suas distrações – especialmente as digitais

Embora a tecnologia tenha suas desvantagens, grande parte da dificuldade envolve estabelecer limites com você mesmo. Desligue suas notificações e reserve um tempo específico para se manter atualizado e informado. As pessoas mais inteligentes passam mais tempo imersas em cada momento do que em multitarefas.

  1. Levante-se cedo

Embora isso possa não se aplicar a certos artistas e pessoas criativas, as três pessoas citadas gostavam de acordar cedo. Kant e Franklin começavam suas manhãs às 5h da manhã, enquanto Freud começava às 7h, mas também escrevia até 1h. Comece a tratar cada dia como uma oportunidade de crescimento.

  1. Priorize o tempo de inatividade para descompactar e recarregar

As mentes brilhantes também optavam por programar um tempo de inatividade. Freud dava um tempo para relaxar depois de ver os pacientes. Kant e Franklin gostavam de ler, comer e ouvir música para se recarregar.

  1. Exercite-se diariamente – mesmo que seja apenas uma hora

Freud e Kant eram grandes fãs de caminhadas à tarde para se recompor. Parte dessa caminhada era lenta, porém Freud era conhecido por andar por Viena com pressa. Franklin não fazia exercícios, mas certamente estava acima do peso.

  1. Maximize suas horas mais produtivas

Os três sabiam que seus horários mais produtivos eram pela manhã e à tarde. Cada um deles passava a maior parte do tempo de manhã e à tarde realizando sua paixão principal. Descubra o que funciona para você e maximize esse tempo.

  1. Simplifique sua programação tanto quanto possível

A última lição ao vasculhar as programações de Sigmund Freud, Immanuel Kant e Benjamin Franklin foi sua simplicidade. Todos sabiam que simplicidade é velocidade e que as pessoas mais inteligentes, produtivas e inspiradas tentam reduzir a complexidade desnecessária em suas vidas.

Quanto mais você se alinhar com seus valores e praticar o que prega, mais poderá liberar sua inteligência natural e obter o sucesso que sempre desejou.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos do meio corporativo? Então acesse nosso blog e mantenha-se atualizado!

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0