Como Montar Uma Loja Virtual De Sucesso?

Em 2018, somente dentro do MercadoLivre, o maior e mais completo marketplace da América Latina, haviam mais de 211 milhões de usuários e mais de 10 milhões de vendedores, incluindo grandes marcas. A cada segundo, nove vendas eram realizadas na plataforma. Os números dão uma boa ideia do volume de competidores que uma loja online pode enfrentar, ou seja, para sobreviver neste mercado, é preciso se destacar!

Para quem já possui uma loja física e está familiarizado com conceitos como comprar material de fornecedores, estocar, promover vendas e entregar produtos, abrir uma loja online acaba se tornando um processo mais fácil, pois o único desafio será transpor a experiência para um canal digital.

Em contraponto, para quem nunca trabalhou com varejo e precisa aprender todo esse processo do zero, é preciso adquirir conhecimento para ser bem sucedido, afinal, o negócio pode ser virtual, mas o planejamento deve ser tão sério quanto o de um negócio com ponto comercial.

Faça um planejamento prévio, o empreendedor pode ser sufocado pelas tarefas do dia-a-dia, perdendo inclusive a oportunidade de crescer. O primeiro passo é escolher o tipo de produto que será oferecido na sua loja.

Defina como será seu processo de compra e venda de produtos. Você irá produzir ou revender itens? Independentemente da sua resposta, pesquise bons fornecedores, desde a matéria-prima até a plataforma de hospedagem. Após fazer essas cotações, monte um rascunho desses custos e objetivos do seu negócio para o mês, o trimestre e o ano.

Enquanto os grandes varejistas da web apostam em um variado portfólio, para um pequeno empresário pode ser mais vantajoso escolher um nicho mais específico. Isso facilitará as negociações com fornecedores e criará uma identidade mais clara para os clientes. Um bom caminho é começar com algum produto ou área sobre o qual você já possua algum conhecimento.

Para quem está começando, é importante buscar cursos que ajudem a desenvolver as habilidades necessárias para administrar melhor o negócio. A seguir, confira mais 8 dicas para abrir uma loja virtual de sucesso:

 

Atente-se à demanda

Certifique-se de que há demanda para os produtos que você planeja vender. Produtos específicos, como os de datas sazonais, por exemplo, só terão saída em determinadas épocas do ano, portanto, é fundamental levar em conta a variação na demanda na hora de definir o mix de produtos e planejar o estoque.

 

Planejamento é alma do negócio

Antes de começar o negócio, é fundamental colocar no papel todas as provisões de gastos, recursos necessários para colocar a empresa em funcionamento e futuras receitas. Mapear os fornecedores, parceiros e clientes também uma etapa fundamental do processo. Para quem quer abrir uma loja virtual, aspectos como estoque e logística tornam-se ainda mais importantes.

 

Invista no relacionamento com o cliente

A falta de contato físico nas negociações online exige que o vendedor seja ainda mais atencioso com o cliente. Manter um bom relacionamento com o cliente após a negociação também é fundamental para garantir que ele volte.

Ter uma ferramenta que permita acompanhar o andamento do pedido e ter políticas de troca e devolução bem claras também é prioridade para tranquilizar o comprador.

 

Marketing eficaz e de qualidade

Quando sua loja virtual estiver pronta, é importante traçar estratégias para atrair os internautas até ela. Os links patrocinados e anúncios em outros sites são um caminho para promover o negócio. Produza boas fotos e conteúdo rico, que desperte interesse do seu público.

 

Comunique-se com o cliente

Tenha um canal de comunicação recorrente com o seu cliente, seja por e-mail, WhatsApp, telefone ou redes sociais. Seja claro, verdadeiro e objetivo nas informações, gerando confiança para o seu consumidor.

 

Logística impecável

Outro elemento fundamental é a logística de entrega. É preciso desenvolver canais eficazes que garantam que o produto vá chegar à casa do comprador no prazo combinado, sem atrasos, e dentro dos custos previstos.

Lembre-se: qualquer experiência negativa pode significar um ponto final no relacionamento com o cliente.

 

Facilidades na hora de pagar

A variedade de opções de pagamento também é importante para conquistar o consumidor. Para quem está começando, isso pode ser um desafio, pois exige negociações com cada um dos operadores de meios de pagamento.

Uma solução é optar por ferramentas como o PayPal e o MercadoPago, que já agregam diversas opções de pagamento, como boleto bancário, cartões de crédito e transferência eletrônica. É importante lembrar que é necessário pagar uma comissão para cada transação efetuada pela plataforma. No MercadoPago, o valor médio é 4,99%.

 

Plataformas adequadas

O mecanismo por trás de uma loja virtual pode ser desenvolvido de acordo com as necessidades específicas e complexidade de cada negócio, mas isso pode implicar um custo alto demais para quem está começando.

Porém, há opções “prontas” para quem quer ingressar no setor. Além disso, alguns provedores de serviços de hospedagem, como a LocaWeb, oferecem lojas prontas que já vêm inclusive com meios de pagamento integrados.

 

Gostou das nossas dicas? Então, coloque-as em prática agora mesmo. Boas vendas e sucesso nos negócios!

 

IBE Conveniada FGV

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0