10 motivos para você abandonar uma entrevista de emprego

Por isso, é importante lembrar que você sempre tem a opção de se levantar e ir embora de uma entrevista de emprego que não está te fazendo bem. Independentemente de você estar ou não trabalhando, você é uma pessoa livre. Além disso, você não é pago para participar delas. O tempo é seu e você deve decidir o que fazer com ele. Parte da obrigação do candidato é manter-se alerta e prestar atenção às pessoas e à energia a sua volta.

Portanto, não desperdice seu tempo. Você não é obrigado a encarar uma entrevista de emprego dolorosa e desconfortável só porque aceitou participar dela. Você pode ir embora. Se o processo se transformar em uma experiência ruim, não há necessidade de permanecer por lá até que o entrevistador termine a conversa. Você pode ir embora a qualquer hora.

Veja abaixo 10 bons motivos para você abandonar uma entrevista de emprego:

1. Você não se sente seguro no local da entrevista.

2. O ambiente de trabalho é péssimo – é desarrumado, sujo e deprimente.

3. Seu entrevistador é grosseiro. No minuto em que você chegou, ele começou a ditar regras: “Sente aqui. Faça este teste. Eu já volto”. Você é um profissional com experiência. Por que eles estão te empurrando testes irrelevantes? Vá embora, esse processo de entrevista não vai melhorar!

4. Não há nenhuma oportunidade durante a entrevista pra você dizer algo relevante. Os olhos do seu entrevistador estão grudados em um roteiro cheio de perguntas desnecessárias. Ele cronometra o seu tempo de resposta e não faz contato visual com você. Então, por que continuar? Essa empresa não merece você: ela nunca vai enxergar o seu talento. Você tem direito de trabalhar com pessoas que valorizam o seu trabalho.

5. Quando você chega para a entrevista, os recrutadores estão nervosos. Eles não estavam te esperando e se comportam como se você fosse um incômodo que chegou para atrapalhá-los. Ninguém sabe o que fazer com você e essa confusão aparenta ser algo do cotidiano da empresa. A recepcionista começa a ligar para pessoas e a deixar mensagens de voz furiosas para elas. E, na sequência, diz: “Se eu não conseguir falar com alguém dentro de mais ou menos 20 minutos, você pode ir embora. Alguém vai te ligar mais tarde”. E você tem vontade de responder: “Diga a eles para não se incomodarem!”.

6. O entrevistador não está entrevistando você com o mesmo empenho com o qual está tentando te convencer a aceitar o trabalho. O discurso parece ensaiado – ele já disse a mesma coisa antes para muitos outros candidatos. O trabalho parece bom demais para ser verdade. Se você acha isso suspeito, seu instinto está fazendo seu trabalho!

7. O entrevistador parece não ter conhecimento sobre regras básicas dos processos de entrevista. Ele não fica constrangido por perguntar idade, estado civil e outras características pessoais que não têm lugar em uma entrevista de emprego.

8. Durante a entrevista, eles dizem que, caso você aceite o emprego, você terá de entregar a eles a sua lista de contatos e ela passará a ser propriedade da companhia.

9. Você conhece o gerente do seu departamento – e ele é terrível. No minuto em que vocês dois se sentam para conversar, você se sente insultado e ameaçado. “Bom currículo”, ele afirma. “Mas você realmente fez tudo isso? Você não fez essa venda de US$ 7 milhões sozinho… Eu posso afirmar isso apenas de olhar para você.” Enquanto isso, você começa a ter cada vez mais certeza de que seu chefe em potencial é alguém com quem você nunca mais vai querer falar novamente – muito menos trabalhar.

10. Seu instinto diz: “Vá embora!”.

Fonte: Forbes Brasil

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email